Parlamento Jovem tem 1ª mulher na presidência

Vitória Gomes Ferreira presidiu a 3ª sessão simulada ao lado de outros 11 alunos da escola Camilo

A 3ª edição do Parlamento Jovem de Indaiatuba, realizada na última terça-feira (19) com alunos da EE Camilo Marques Paula, contou com um fato nunca ocorrido na Câmara: foi presidida por uma mulher. Vitória Gomes Ferreira Bento presidiu a sessão simulada realizada no Plenário da Câmara. O evento, aberto pelo presidente da Câmara Hélio Ribeiro, contou com a presença do prefeito Nilson Gaspar e com a participação dos vereadores Alexandre Peres, Arthur Spíndola, João de Souza Neto (o Januba), Massao Kanesaki, Ricardo França e Silene Silvana Carvalini; além de representantes dos vereadores Adeílson Pereira (o Figura), Edvaldo Bertipaglia, Jorge Luis Lepinsk (Pepo), Luiz Alberto Pereira (Cebolinha) e Luiz Carlos Chiaparine.

Todos os projetos apresentados pelos alunos foram aprovados durante a sessão simulada. Essa foi a 3ª edição do Parlamento Jovem, que já movimentou os grêmios estudantis das escolas Hélio Cerqueira Leite e Dom José de Camargo Barros. Da escola Camilo, além da presidente Vitória, participaram da Sessão simulada os seguintes alunos:  João Costa Neto (1º Secretário Jovem), Vítor Yuri Gomes Isidoro (Vice-Presidente Jovem), Juliano Morh Amaral (2º Secretário), Julia Martins Fina, Renato Dias Pereira Soares Filho, Geovana de Farias Gomes, Larissa Tainara Rodrigues, Maria Eduarda Alves Santana, Bruna Ribeiro de Souza, Michelly Cristina dos Santos Conti e Raquel dos Santos de Oliveira.

Além do prefeito, vereadores, pais e mestres, estiveram presentes à cerimônia a diretora da EE Camilo Marques Paula, Nalú Patrícia K. Azevedo e a coordenadora da unidade, Mariana Yuki Kamada.

Durante a sessão simulada, os estudantes debateram sete indicações, oito moções e votaram oito projetos de lei constantes da ordem do Dia. Ao final, os vereadores-jovens aprovaram todas as moções e projetos.

Nascido de uma ideia do presidente da Câmara, Hélio Ribeiro, o Parlamento Jovem foi instituído na Câmara de Indaiatuba através da Resolução nº 71/2018. Trata-se de um projeto educacional direcionado aos estudantes dos ensinos fundamental e médio, da rede municipal ou particular do Município, que tem como objetivo proporcionar a experiência de vivenciar atividades e o cotidiano dos vereadores.

Mais do que transformar os estudantes em vereadores por um dia, proporcionando que eles passem pelo processo de eleição na escola, pela posse, escolha de um projeto para defender durante a sessão simulada em que sentam nas cadeiras dos vereadores e vivenciam todas as experiências advindas disso, esse projeto proporciona viver o projeto democrático em sua totalidade.

“Os jovens ocupam o Plenário da Câmara, sentam numa cadeira, participam de uma sessão como protagonistas e todo esse processo é transformador; mostra a esse jovem que é ele quem conduzirá também a política do Município, do Estado e do País; daí ser uma honra para todos nós, da Câmara de Indaiatuba, colocar em prática o Parlamento Jovem”, afirma o presidente da Câmara. 

 

registrado em: